20100205

bebê já dormia a noite toda, mas agora aos 8 meses acorda...

Estou no mesmo barco, minha bebê já dormia a noite toda, mas agora aos 8 meses acorda de meia em meia hora e chora... Como conseguir fazê-la dormir sozinha no berço... deixar chorar até que adormeça? Pode explicar melhor? Daniele

Pelo o que tenho acompanhado com minhas amigas e pelas perguntas aqui no blog o oitavo mês traz algumas novidades quando se trata do sono do bebê.

Segundo a encantadora de bebês, mais ou menos nessa fase é quando começa a ansiedade de separação da mãe. É quando começam a chorar porque saímos de perto. Isso pode levá-los a acordar a noite pois a cada ciclo de sono (cerca de 45min) despertam para se certificarem de que a mãe continua lá.

Outra possibilidade é o bebê ter começado a engatinhar ou se levantar. Quando aprendem novas habilidades querem praticá-las o tempo todo e começam a acordar com mais frequência.

Você ou a casa podem estar passando por alguma mudança e isso pode estar afetando o bebê.

As vezes é só uma fase e vai passar.

Nunca descarto a possibilidade de ser algum problema de saúde como uma dor de ouvido por exemplo, é legal fazer um check up.

Respondendo a sua pergunta:

Você não precisa necessariamente deixar sua bebê chorar até que adormeça, isso depende da personalidade do bebê e da sua. Se você não se sente confortável em deixá-lo sozinho no quarto, fique lá com ele, mas tente acalmá-lo no berço em vez de no seu colo. É assim que tenho feito ultimamente.

O único problema de ficar no quarto é que o bebê pode acabar condicionando o adormecer com sua presença no quarto como tem acontecido comigo atualmente.

Se optar por deixá-la chorar para que aprenda a adormecer sozinha, insista por pelo menos 1 mês no método e tente ser o mais coerente e consistente possível fazendo da mesma maneira em todas as sonecas. Acho que é fundamental ver os sinais de cansaço antes de colocá-lo no berço e ter o suporte do marido ajuda muito.

Veja também:

Dana Obleman

Plunket
Encantadora de bebês

Ferber
IMPORTANTE: Sempre converse com seu médico antes de qualquer atitude.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por participar do blog!
Quer contar sua história? Me mande um email
fabianaeisenmann@gmail.com